Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia prende 700 manifestantes no Canadá

Quase 700 pessoas foram detidas na noite de quarta-feira na província de Quebec, Canadá, após manifestações contra o aumento da matrícula universitária.

A polícia de Montreal havia informado que os protestos seriam tolerados enquanto não fossem registrados distúrbios, mas depois de alguns confrontos 518 pessoas foram detidas. Outros 170 manifestantes foram detidos na cidade de Quebec.

A manifestação foi tolerada durante três horas, até o início de incidentes, segundo a polícia de Montreal.

As autoridades consideraram o protesto ilegal, já que os manifestantes não informaram de antemão o percurso da passeata.

Os manifestantes percorreram vários quilômetros até que a passeata foi bloqueada pela polícia para impedir o avanço por um bairro de vida noturna da cidade.

Neste momento, alguns manifestantes jogaram pedras e outros objetos contra os policiais, que iniciaram as detenções.

Há mais de três meses, os estudantes da província de Quebec protestam contra o aumento da matrícula universitária anunciada pelo governo liberal de Jean Charest.

Todos os detidos foram libertados na manhã desta quinta-feira, segundo a polícia.