Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Polícia prende 5 suspeitos de planejar atentado contra jornal

Por Da Redação 29 dez 2010, 14h24

As polícias da Dinamarca e da Suécia prenderam nesta quarta-feira cinco suspeitos de preparar um atentado contra a redação do jornal dinamarquês Jyllands-Posten, que em 2005 publicou charges polêmicas de Maomé. Segundo a publicação, com sede em Copenhague, quatro homens foram presos na Dinamarca, e o outro foi detido na Suécia. Todos seriam vinculados ao radicalismo islâmico, e teriam idades entre 26 e 44 anos.

Três dos detidos cruzaram na terça-feira a fronteira entre os dois países rumo a Copenhague e estavam dispostos a promover ataques nos próximos dias. “Com essas detenções conseguimos impedir um atentado terrorista iminente por parte de vários dos suspeitos, que podem ser descritos como militantes islâmicos com laços com redes terroristas internacionais”, disse o responsável pelos serviços de inteligência dinamarqueses (PET), Jakob Scharf.

Scharf acrescentou que o objetivo do grupo era, supostamente, entrar na sede do Jyllands-Posten, no qual também se alojam outros dois veículos de imprensa, e “matar o máximo de pessoas possível”. A redação do jornal está sob forte esquema de segurança desde a publicação das famosas charges, há cinco anos.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade