Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Polícia mexicana encontra caminhões com 35 cadáveres

Suspeita é que chacina teria sido motivada pela briga entre cartéis de drogas

Por Da Redação 21 set 2011, 04h18

A Polícia mexicana encontrou nesta terça-feira 35 corpos em dois caminhões de carga abandonados em uma avenida na zona metropolitana de Veracruz, no Golfo do México.

Aparentemente as vítimas eram membros do cartel de drogas Los Zetas e teriam sido assassinadas pelos rivais do Cartel do Golfo. Os corpos apresentam marcas de tortura, estavam com as mãos atadas e alguns tinham a cabeça coberta com sacos plásticos.

O promotor de Veracruz, Reynaldo Escobar, confirmou que o número de mortos é de 35 e disse que os investigadores trabalharão durante toda a noite. Em declarações posteriores à rede de televisão Televisa, Escobar afirmou que, ao lado dos cadáveres, foi deixada uma mensagem contendo ameaças contra o cartel Los Zetas.

Dos corpos identificados até o momento, ficou constatado que todos eles tinham antecedentes penais e se dedicavam a atividades vinculadas ao crime organizado, tais como sequestro, extorsão e homicídio, entre outros delitos.

Na terça-feira fugiram de três prisões do estado 32 réus, dos quais até a tarde desta terça-feira haviam sido recapturados apenas 14. O promotor disse que até o momento não se sabe se entre os cadáveres estão alguns dos réus que fugiram, versão que está sendo divulgada por fontes extra-oficiais.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade