Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia localiza prováveis corpos de investigadores da chacina dos imigrantes

As autoridades mexicanas acreditam ter encontrado os corpos de agentes do Ministério Público e do chefe da Polícia que estavam desaparecidos depois de investigarem a chacina envolvendo 72 imigrantes no estado de Tamaulipas.

Os cadáveres foram localizados em uma comunidade próxima à cidade de San Fernando. No último dia 27, o presidente mexicano, Felipe Calderón, informou que o agente e o funcionário, que colaboravam com a investigação do massacre, tinham desaparecido.

O comunicado da Justiça informou que foram localizados os dois corpos que “poderiam corresponder a Roberto Jaime Suárez Vázquez e Juan Carlos Suárez Sánchez” na comunidade de Comas Altas, no município de Méndez.

O texto destaca ainda que há documentos pessoais entre seus pertences, mas explica que ainda serão feitos exames de DNA com o objetivo de confirmar suas identidades.