Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Polícia israelense ataca pessoas em funeral de jornalista baleada

Shireen Abu Akleh, correspondente da Al Jazeera, foi morta na quarta-feira enquanto cobria ataque do exército de Israel na Cisjordânia

Por Da Redação Atualizado em 13 Maio 2022, 09h55 - Publicado em 13 Maio 2022, 09h51

Nesta sexta-feira, 13, em Jerusalém, a polícia de Israel repreendeu com cassetetes uma procissão durante o funeral da jornalista americana Shireen Abu Akleh, da Al Jazeera. Ela foi morta na quarta-feira 11, baleada enquanto cobria uma batida militar do exército israelense na Cisjordânia. A Palestina acusa Israel de assassinar a correspondente.

Mais de cem pessoas se reuniram em frente ao hospital St. Joseph, em Jerusalém, antes do enterro, e começaram a carregar o caixão de Abu Akleh a pé para a Igreja Ortodoxa Grega. A polícia israelense estava alinhada do lado de fora do hospital, e bloqueios policiais foram montados na área.

Quando o caixão foi levado para fora do hospital, o grupo encontrou forte resistência da polícia israelense, que comandou que o transporte fosse feito de carro.

Depois do disparo de bombas de gás lacrimogêneo, imagens ao vivo da emissora Al Jazeera mostraram a polícia israelense espancando os enlutados com cassetetes. O corpo foi levado de volta ao hospital e depois transportado de carro, segundo a Al Jazeera.

A jornalista era uma voz proeminente no mundo árabe. As circunstâncias de sua morte permanecem obscuras. A Autoridade Palestina negou, na quinta-feira 12, a oferta de Israel de uma investigação conjunta, insistindo em um processo independente e prometendo julgar os acusados ​​de seu assassinato no Tribunal Penal Internacional (TPI).

O primeiro-ministro palestino, Mohamed Shtayyeh, disse à Al Jazeera que os resultados de sua investigação serão divulgados em breve e incluirão o relatório da autópsia.

Israel diz que também está investigando a morte de Abu Akleh, mas afirma não saber quem atirou nela.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês