Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia indiana confirma morte de 17 maoístas no leste do país

Nova Délhi, 29 jun (EFE).- Pelo menos 17 supostos guerrilheiros maoístas morreram nesta sexta-feira em diferentes confrontos contra as forças de segurança indianas no leste do país, informou uma fonte oficial citada pela agência ‘Ians’.

Os combates foram registrados em três zonas distintas da região de Chhattisgarh, uma das principais fortificações da guerrilha maoísta, que, por sua vez, luta para implantar uma revolução comunista no país asiático.

Segundo o subdiretor regional da polícia local, pelo menos quatro maoístas foram detidos. Em comunicado oficial, o Ministério do Interior da Índia também confirmou que um grupo de 200 policiais entrou em combate contra 45 rebeldes no povoado de Sarkeguda, localizado em Chhattisgarh.

A guerrilha maoísta, segundo dados oficiais de 2009, está presente em pelo menos 12 regiões do país, um terço dos distritos da Índia , embora represente uma ameaça ‘grave’ em pouco mais de 10% deles .

O Governo da Índia passou considerar os maoístas como insurgentes, também conhecidos no país como ‘naxalitas’, após uma revolta em 1967, na aldeia bengali de Naxalbari. Na ocasião, o grupo foi considerado a principal ameaça para a segurança interna do país. EFE

daa/fk