Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Polícia encontrou até o momento 69 fuzis em favelas pacificadas

Por Da Redação 15 nov 2011, 16h30

Rio de Janeiro, 15 nov (EFE).- A Polícia do Rio de Janeiro apreendeu até o momento nas três favelas ocupadas pelas forças de segurança neste domingo 69 fuzis, três metralhadoras, vários tipos de armas, assim como munição de diversos calibre, segundo balanço parcial divulgado pelo governo nesta terça-feira.

As forças de segurança tomaram as três comunidades (Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu), primeiro passo para a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), sem disparar um tiro. Desde então, tem encontrado esconderijos de armas, munição e drogas.

De acordo com as informações, a apreensão mais recente aconteceu nesta manhã quando o Batalhão de Operações Especiais (Bope), que liderou a ocupação, encontrou na Rocinha 16 fuzis, entre eles cinco AK-47, dois FAL e um M-16, assim como uma metralhadora, duas escopetas, duas pistolas, nove granadas e 123 carregadores para fuzil.

Antes disso, os policiais, com a ajuda de informantes, recuperaram outros quatro fuzis, cinco pistolas, duas bazucas, uma metralhadora, 14 granadas, munição e uma quantidade não especificada de cocaína num depósito construído a mais de dois metros embaixo do chão.

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, visitou nesta terça a favela do Vidigal, onde afirmou que a polícia ocupou as comunidades ‘para garantir o direito de ir e vir dos cidadãos e para recuperar a cidadania de um território que é dominado pelo tráfico há pelo menos 40 anos’.

O projeto das UPP’s já existe em outras 18 favelas cariocas. Beltrame disse que o objetivo é implantar 40 unidades pacificadoras até 2014, ano em que o Brasil sediará a Copa do Mundo. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade