Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia diz que jovem de 24 anos foi autor de tiroteio em torneio de game

David Katz teria vindo de Baltimore para participar de competição de jogo eletrônico de futebol americano; episódio deixou ao menos dois mortos e 11 feridos

David Katz, de 24 anos, foi apontado pela polícia de Jacksonville, na Flórida, como o autor dos disparos que deixaram ao menos dois mortos – as primeiras informações davam conta de quatro vítimas; outros relatos faltam em três – e 11 pessoas feridas durante um torneio de videogame em um bar.

Em entrevista coletiva, o xerife da cidade, Mike Williams, disse que o suspeito era originário de Baltimore, no estado de Maryland. De acordo com ele, o atirador, que morreu no local, participava do torneio de Madden 19, um game de futebol americano desenvolvido pela EA Sports. Segundo o policial, o agressor usou “pelo menos” uma pistola. A polícia ainda investiga a motivação do crime.

De acordo com o oficial, nove pessoas foram feridas por tiros e levadas de ambulância para hospitais próximos – outras duas foram com seus próprios veículos. O estado dos feridos é estável, segundo Williams.

O xerife afirmou que o local onde acontecia a competição não estava cheio, mas havia um bom número de pessoas no seu interior. O estabelecimento onde acontecia o evento, o GLHF Game Bar, fica no Jacksonville Landing, um popular shopping com cerca de 20 restaurantes e 70 lojas, e que todo ano é visitado por milhares de moradores e turistas.

No vídeo abaixo,é possível ouvir gritos durante o tiroteio, antes de a transmissão ser cortada.

Em nota, a EA Sports lamentou o episódio. “Estamos cientes do incidente em um campeonato de Madden realizado em Jacksonville. Estamos trabalhando com as autoridades para reunir os fatos neste estágio. É uma situação horrível, nossos mais profundos sentimentos para todos os envolvidos”, publicou a EA em suas redes sociais.

(Com EFE)