Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia divulga imagem de novo suspeito no caso Madeleine

Autoridades britânicas digitalizaram imagem de um homem carregando uma criança nas proximidades do local de onde a menina desapareceu em 2007, aos 3 anos

A polícia britânica divulgou nesta segunda-feira imagens de um suspeito de envolvimento no caso Madeleine McCann, a menina que desapareceu em 2007, durante uma viagem de férias com a família para Portugal. Os retratos foram elaborados com a ajuda de programas de computador. O homem teria sido visto por duas testemunhas próximo ao local do desaparecimento “carregando uma criança de três ou quatro anos com o cabelo louro e possivelmente de pijama”, disse um dos investigadores.

Leia também:

Registros telefônicos podem esclarecer caso Madeleine

A polícia destacou que encontrar o homem é de “vital importância”. As imagens foram divulgadas na Alemanha e Holanda e elaboradas com base nos depoimentos das duas testemunhas que o viram na área de Praia da Luz. As testemunhas descreveram o homem como branco, com idade entre 20 e 40 anos, branco, cabelo castanho, de tamanho e peso médio.

Reprodução / BBC

Imagem de novo suspeito no caso Madeleine Imagem de novo suspeito no caso Madeleine

Imagem de novo suspeito no caso Madeleine (/)

Leia também:

Scotland Yard diz que Madeleine McCann pode estar viva

Fim de sequestro em Ohio renova esperanças de pais de Madeleine

“Este homem pode ou não ser chave para desbloquear a investigação, mas falar com ele é vital importância para nós”, disse o inspetor chefe Andy Redwood, o oficial da Scotland Yard que comanda a investigação. “Temos testemunhas que o colocam na área no momento do desaparecimento de Madeleine”, completou.

E esta não é a única novidade no caso. Na noite desta segunda, o programa Crimewatch, do canal britânico BBC, apresentará uma nova cronologia do desaparecimento da menina durante as férias em Portugal, pouco antes de completar quatro anos, com base em novos dados obtidos pela polícia.

Segundo os investigadores, as informações a serem divulgadas estão baseadas no “entendimento mais atual e detalhado” sobre os acontecimentos. Durante o programa, serão feitos novos pedidos para que a população britânica ajude com qualquer informação que possa ajudar a esclarecer o caso. Apelos semelhantes devem ser feitos também na Holanda e Alemanha, país de origem da maioria dos turistas hospedados no resort.

Os pais da menina, Kate e Gerry McCann, disseram na última semana que ficaram “muito encorajados” com as novidades no caso. Eles disseram que “peças do quebra-cabeças” começaram a se juntar desde que a Scotland Yard iniciou sua própria investigação, em julho, depois de passar dois anos revisando o processo. Em Portugal, a investigação foi encerrada em 2008, mas uma equipe está colaborando com as investigações da Scotland Yard.

(Com agência France-Presse)