Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Polícia de Paris usa canhão de água em novo protesto de ‘coletes amarelos’

Carros foram incendiados e agência bancária vandalizada no aniversário dos protestos antigoverno

Por Da Redação - Atualizado em 16 nov 2019, 14h16 - Publicado em 16 nov 2019, 13h39

A polícia francesa disparou canhões de água e gás lacrimogêneo em Paris neste sábado, 16, para afastar manifestantes durante o ato que marcou o primeiro aniversário dos protestos antigoverno dos “coletes amarelos“.

Os manifestantes vandalizaram uma agência bancária na Place d’Italie. Eles também colocaram fogo em lixeiras e atiraram pedras e garrafas na polícia, enquanto construíam barricadas. Vários carros foram incendiados.

O chefe da polícia de Paris, Didier Lallement, cancelou a permissão para uma manifestação programada por causa da violência. “Nossa resposta será muito firme. Todos aqueles que estão escondendo o rosto, todos que estão atirando pedras serão chamados para interrogatório”, disse ele em entrevista coletiva.

Os protestos dos coletes amarelos, nomeados pelas jaquetas de alta visibilidade usadas pelos manifestantes, começaram em novembro de 2018 devido à alta dos preços dos combustíveis e ao alto custo de vida. As manifestações se transformaram em um movimento mais amplo contra o presidente Emmanuel Macron e suas reformas econômicas.

Publicidade

(Com Reuters)

Publicidade