Clique e assine com 88% de desconto

Polícia confirma três mortos e três feridos em tiroteio no Alabama

Desmonte Leonard, suspeito de ser autor dos disparos, ainda não foi capturado

Por Da Redação - 10 jun 2012, 18h13

Pelo menos três pessoas morreram e outras três ficaram feridas em um tiroteio ocorrido na noite de sábado em uma festa na cidade de Auburn, localizada no estado americanoo do Alabama, no sul dos Estados Unidos. As vítimas foram confirmadas pela polícia local neste domingo. “Seis jovens foram alvo de tiros”, afirmou Tommy Dawson, chefe de polícia de Auburn.

As autoridades locais informaram que os três mortos tinham 20 anos e que dois deles eram ex-jogadores de futebol americano da Universidade de Auburn. Entre os feridos está um jogador da equipe universitária atual. “Estamos diante de uma situação difícil porque se trata não só de estudantes e atletas, mas também de gente jovem”, acrescentou Dawson.

A polícia está procurando o suspeito de ser o autor dos disparos. De acordo com o jornal inglês The Guardian, trata-se de um jovem de 22 anos chamado Desmonte Leonard. Apesar de não ter sido capturado, Leonard já foi indiciado por homicício.

O tiroteio ocorreu em um condomínio perto do campus. “Estávamos tentando ir embora da festa quando tudo aconteceu diante dos nossos olhos”, disse Turquorius Vines, testemunha citada pelo jornal Atlanta Journal-Constitution. “Tudo aconteceu tão rápido. Em cerca de um segundo a festa virou um massacre sem nenhum motivo.”

Publicidade

Nas redes sociais, alguns vizinhos do complexo residencial próximo às instalações da Universidade de Auburn afirmaram que desconheciam os detalhes do ocorrido e que alguns habitantes não puderam entrar nem sair de seus apartamentos durante várias horas desta madrugada, por ordem da polícia. Dezenas de patrulhas policiais e caminhões dos bombeiros chegaram ao local do incidente.

Auburn, a cidade de maior crescimento no leste do Alabama, possui uma população de 53.000 pessoas e abriga a Universidade de Auburn, com uma comunidade de mais de 25.000 estudantes e 1.200 empregados universitários.

(Com agência France-Presse)

Publicidade