Clique e assine com 88% de desconto

Polícia austríaca prende 13 pessoas em ação contra jihadistas

Cerca de 500 policiais participaram de operação que teve como alvo mesquitas em três cidades

Por Da Redação - 28 nov 2014, 10h52

A polícia austríaca deteve 13 pessoas nesta sexta-feira em uma operação contra jihadistas que trabalhavam para encorajar jovens a integrar forças militantes na Síria, informou o Ministério Público do país.

Cerca de 500 policiais fizeram buscas em mesquitas e salas de oração em Viena, Graz e Linz nesta sexta-feira como parte da investigação, que acontece em meio a um grande esforço europeu para reprimir combatentes que têm integrado grupos radicais no Iraque e na Síria.

Leia também:

Grã-Bretanha anuncia nova legislação antiterrorista

Publicidade

Irmãos londrinos são condenados por terrorismo na Síria

Promotores disseram em comunicado que interrogaram 16 pessoas na investigação sobre supostos membros de uma organização terrorista. Autoridades confiscaram “materiais de propaganda terrorista”, dinheiro e objetos ilegais nas batidas policiais. De acordo com a imprensa austríaca, entre os presos nesta sexta-feira está um pregador de origem bósnia.

O Ministério do Interior do país estima que mais de 150 austríacos deixaram o país para se juntar a grupos radicais no Oriente Médio.

Publicidade