Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Piloto de voo da Southwest é considerada heroína por pouso de emergência

Uma passageira foi sugada para fora do avião e morreu após um dos motores da aeronave explodir

A piloto Tammie Jo Shults está sendo considerada uma heroína de “nervos de aço” por ter realizado o pouso de emergência do avião da Southwest Airlines na última terça-feira, depois que um dos motores do avião explodiu e uma das janelas atingidas por estilhaços quebrou.

A passageira que estava perto da janela quebrada, Jennifer Riordan, uma executiva do ramo financeiro de 43 anos, teve parte do corpo sugado para fora da aeronave e morreu. Sete pessoas ficaram feridas no acidente. O voo WN 1380 ia do aeroporto de LaGuardia, na região metropolitana de Nova York, a Dallas, no Texas, com 143 passageiros a bordo e 5 comissários.

Segundo os passageiros do voo, Tammie manteve a calma durante o pouso e depois da aterrisagem falou com todos pessoalmente para saber se estavam bem.

“Ela tem nervos de aço”, afirmou Alfred Tumlinson à agência de notícias Associated Press. “Aquela mulher, eu a aplaudo. Vou mandar a ela um cartão de Natal. Com um vale-presente por ter me colocado no chão. Ela foi sensacional.”

“Tammie Jo Schults, a piloto, voltou para falar com cada um de nós pessoalmente. Essa é uma verdadeira heroína americana”, escreveu Diana McBride Self, que também estava no voo, em uma postagem no Facebook. “Um grande obrigada por seu conhecimento, orientação e bravura em uma situação traumática.”

A tranquilidade de Shults pode ser comprovada pelo tom de sua voz na gravação de sua comunicação com a torre de comando do aeroporto, quando ela relatou o acidente.

A piloto de 56 anos se formou em biologia e agronegócios em 1983. Em seguida, se alistou na Marinha, onde se tornou uma das primeiras mulheres a ser pilota militar nos Estados Unidos.

Pânico

Passageiros do avião relataram momentos de pânico e medo durante o pouso de emergência. Durante a explosão do motor, puderam ouvir um estrondo alto e o avião começou a chacoalhar violentamente. Destroços voaram pelo corredor quando a janela se quebrou e as máscaras de oxigênio caíram do teto.

Passageiros do voo 1380 da Southwest airlines Passageiros do voo 1380 da Southwest airlines durante pouso de emergência após motor da aeronave se soltar

Passageiros do voo 1380 da Southwest airlines durante pouso de emergência após motor da aeronave se soltar (Facebook/@marty.martinez.96/Reprodução)

“Eu senti como se o avião estivesse em queda livre. Claro, todos estavam em pânico, todos estavam em prantos. Foi a experiência mais assustadora pela qual já passei”, disse o passageiro Marty Martinez à CBS News.

Martinez conseguiu digitar as informações de seu cartão de crédito, acessar o Wi-Fi do voo e fazer uma transmissão ao vivo pelo Facebook, mostrando ele e outros passageiros vestindo as máscaras de oxigênio mesmo após a explosão do motor. “Eu literalmente comprei Wi-Fi enquanto o avião descia porque queria conseguir chegar às pessoas que amo, pensava que esses eram meus momentos finais na Terra”, escreveu ele no Facebook.

Assim que Jennifer Riordan foi sugada para fora da janela do avião, dois passageiros conseguiram puxá-la para dentro. “Pareceram dois minutos e pareceram duas horas”, disse Tim McGinty, fazendeiro que ajudou a mulher, a repórteres.

Uma enfermeira aposentada e um bombeiro fizeram massagem cardíaca em Jennifer por aproximadamente 20 minutos, até o avião pousar. Contudo, a mãe de dois filhos de Albuquerque, Novo México, não sobreviveu.

(Com AP)