Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Pesquisas preveem maioria arrasadora da oposição na Espanha

Por Da Redação 13 nov 2011, 09h05

Madri, 13 nov (EFE).- Vários pesquisas publicadas neste domingo preveem que o resultado das eleições gerais da Espanha no próximo dia 20 significará uma vitória histórica do Partido Popular (PP), o maior da oposição, beneficiado pela forte rejeição aos governistas do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE).

Na pesquisa elaborada pelo instituto Metroscopia para o jornal ‘El País’, o PSOE – do candidato Alfredo Pérez Rubalcaba – sofreria um ‘desmoronamento’ geral, principalmente em tradicionais redutos do partido do atual primeiro-ministro, José Luis Rodríguez Zapatero.

O candidato do PP, Mariano Rajoy, obteria o apoio de 194 cadeiras no Parlamento, com 45,4% dos votos, o que seria o melhor resultado da história da legenda. Já Rubalcaba receberia 112 cadeiras, com 30,9% dos votos, pior resultado dos socialistas desde 1978.

A Esquerda Unida (IU) passaria a ter 11 deputados, nove a mais que nas eleições anteriores (2008); União Progresso e Democracia (UPyD), de Rosa Díez, obteria 2; e a coalizão basca Amaiur, receberia 4 ou 5.

Na metade da campanha eleitoral, a pesquisa do ‘El País’ mostra um desmoronamento geral do PSOE, acentuado nos grandes redutos do partido, como Andaluzia, Catalunha e País Basco. Nessas regiões, o PP cresce de forma surpreendente.

Já segundo a pesquisa do jornal ‘ABC’, elaborada pelo instituto DYM, Rajoy supera Rubalcaba em 12 pontos percentuais nas intenções de voto. Assim, o PP obteria entre 187 e 188 cadeiras parlamentares, enquanto o PSOE ficaria com 123 a 126 cadeiras.

Também de acordo com as pesquisas dos jornais da região da Catalunha, o PP obteria resultados similares. Segundo o ‘La Vanguardia’, o PP avança com 184-189 cadeiras contra 116-120 do PSOE. Além disso, a pesquisa prevê o crescimento da coalizão IU, que obteria entre 8 e 10 cadeiras, enquanto a UPyD quadruplicaria sua presença na Câmara, com 3 ou 4 cadeiras.

‘El Periódico’ indica que, segundo pesquisa do instituto Gesop, o PP conseguiria o melhor resultado de sua história, com 188-192 deputados, enquanto o PSOE naufragaria, ao conseguir entre 115 e 118 cadeiras.

Para a jornada eleitoral do próximo domingo, 35.776.615 cidadãos estão habilitados para votar, 34.297.301 deles residentes na Espanha e 1.479.314 no exterior. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade