Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pesquisa indica que Cristina Kirchner reelegeu-se com 57% dos votos

Se a boca de urna estiver correta, a presidente teria recebido a maior porcentagem de votos desde o retorno da democracia, em 1983

A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, conseguiu neste domingo a reeleição com 57% dos votos nas eleições gerais realizadas no país, segundo pesquisa de boca de urna divulgada pouco depois do término da votação.

Em segundo lugar estaria o socialista Hermes Binner, governador da província de Santa Fé, com 15%. A terceira posição teria ficado com o radical Ricardo Alfonsín, filho do ex-presidente Raúl Alfonsín, com 9% dos votos, de acordo com a empresa de consultoria governista Equis.

Mais de 60% dos quase 29 milhões de argentinos habilitados haviam votado até às 17h (de Brasília), duas horas antes do encerramento, segundo dados da Câmara Eleitoral.

Se esses números – superiores aos que previam pesquisas anteriores – forem confirmados, Cristina Kirchner seria respaldada com a maior porcentagem obtida por um líder desde o retorno da democracia ao país, em 1983.

Além de presidente e vice-presidente, a Argentina também elege 130 deputados nacionais para renovar metade da Câmara Baixa e 24 senadores para substituir um terço do Senado. Por fim, o pleito também renovará o governo de nove províncias.

(com agência EFE)