Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Perda de peso de Kim Jong-un provoca alarme na Coreia do Norte

Imagens da nova aparência do ditador foram veiculadas pela TV estatal

Por Eduarda Gomes 28 jun 2021, 19h46

Pela primeira vez na história da  Coreia do Norte, a televisão estatal do país, a KCNA, exibiu uma entrevista com um morador de Pyongyang preocupado com o estado de saúde do ditador Kim Jong-un. O motivo é sua evidente perda de peso.

O homem afirmou que todos começaram a chorar após assistir a coletiva com o Líder Supremo. Esse tipo entrevista é incomum para a TV estatal, que jamais transmite atualizações sobre o estado de saúde de Kim.

Mas nas últimas semanas, o canal mostrou ele visivelmente mais magro.

Como tudo que vai ao ar passa por uma aprovação do governo, ainda não se sabe se a entrevista foi transmitida por engano, ou se a intenção realmente foi alertar a população sobre o emagrecimento do líder.

Especialistas afirmam que talvez ela tenha aparecido assim para mostrar que não é nada de relevante, que perdeu peso naturalmente.

Outra hipótese é sobressaltar que Kim está se esforçando para melhorar a vida dos cidadãos. A Coreia do Norte enfrenta no momento uma grave crise de abastecimento.

Desde que Kim Jong-un assumiu o poder, em 2011, ele ganhou peso sem parar.

Como na Coreia do Norte segue um sistema de lideranças hereditárias, o possível problema de saúde de Kim gera instabilidade para a nação.

Kim não tem um sucessor, e caso não possa mais se manter no cargo, o poder pode passar para outra família.

Continua após a publicidade
Publicidade