Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pelo menos seis pessoas morrem em nova onda de tornados nos EUA

Os estados de Indiana e Alabama foram os mais afetados na tarde desta sexta-feira

“Esta é uma situação particularmente perigosa”, advertiu o serviço meteorológico nacional. “É possível que haja tornados destrutivos, granizo de até 6,4 centímetros, rajadas de ventos de até 112 km por hora e relâmpagos perigosos”.

Uma segunda onda de tornados varreu o centro dos Estados Unidos nesta sexta-feira, deixando um rastro de destruição no momento em que a população se recupera da primeira série de fenômenos que matou 13 pessoas no início da semana.

Ao menos dezessete tornados foram registrados no Alabama, Tennessee, Kentucky e Illinois na tarde desta sexta, totalizando 65 tornados durante a semana.

Foram confirmadas seis mortes no estado de Indiana e o teto de uma escola de Ensino Médio foi removido pela força dos ventos. No condado de Madison, Alabama, casas foram destruídas, automóveis, virados e linhas de energia e árvores, derrubadas. O serviço meteorológico informou que há “gente presa nos escombros com lesões”.

“Esta é uma situação particularmente perigosa”, advertiu o serviço meteorológico nacional. “É possível que haja tornados destrutivos, granizo de até 6,4 centímetros, rajadas de ventos de até 112 km por hora e relâmpagos perigosos”.

O alerta para tornados de alta periculosidade está em vigor até às 21h local (23h em Brasília) para Indiana, Kentucky e Ohio, e até às 18h (19h) para Illinois, Indiana e Missouri. Outros tornados estão previstos pelos meteorologistas para os estados de Tennessee e Georgia para a noite desta sexta-feira.

Em 2011, os tornados mataram 545 pessoas nos Estados Unidos, na temporada mais mortífera destes fenômenos desde 1936.

(Com agência France-Presse)