Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Patriota reitera que Brasil é contra uma solução militar na Síria

Em encontro com o chanceler francês, Laurent Fabius, ministro das Relações Exteriores também falou sobre compra de helicópteros para a FAB

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, voltou a afirmar hoje, em encontro com o chanceler francês Laurent Fabius, em Paris, que o Brasil é contra uma solução militar para a guerra civil na Síria. A França, que atualmente ocupa a presidência rotativa do Conselho de Segurança das Nações Unidas, faz parte do grupo de países que cogita uma intervenção armada para dar um basta ao conflito entre as tropas do ditador Bashar Assad e forças rebeldes, que já matou milhares de civis. Patriota e Fabius também discutiram assuntos bilaterais, como a compra de 50 helicópteros para a FAB e a construção de quatro submarinos para a Marinha do Brasil. A possível compra de 36 caças franceses para a força aérea brasileira não constou da pauta oficial, mas foi um dos temas abordados. A França disputa com os Estados Unidos e a Suécia um contrato com a FAB estimado em dez bilhões de dólares.