Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Partido dinamarquês distribui spray ‘anti-imigrantes’

Iniciativa foi promovida por legenda de extrema-direita

Por Da redação 28 set 2016, 16h07

A legenda de extrema-direita dinamarquesa Danskernes Parti distribuiu cerca de 150 unidades de um spray “anti-imigrantes” para “proteger” os cidadãos contra possíveis ataques por parte de estrangeiros. Segundo a rede CNN, o produto foi entregue por militantes do partido nas ruas de Haderslev, cidade portuária situada no sul da Dinamarca.

O produto distribuído é semelhante a um laquê de cabelo, já que a legislação local proíbe o uso de spray de pimenta. O líder do Danskernes Parti, Daniel Carlsen, defendeu a medida. “Não consigo imaginar como isso possa ser considerado racista. O spray de pimenta é ilegal, então encontramos uma maneira para os dinamarqueses, especialmente as mulheres, se protegerem”, disse.

LEIA TAMBÉM:
Hollande confirma: vai fechar acampamento de imigrantes em Calais
Barco com 600 imigrantes naufraga; há mais de 400 desaparecidos

Segundo ele, essa não é a situação “ideal”, já que o objetivo da legenda é repatriar os imigrantes que chegam ao país. “Enquanto isso, queremos fornecer soluções para tornar melhor e mais segura a vida do povo dinamarquês”, acrescentou. Izza Leghtas, advogado do escritório de advocacia que luta pelos direitos dos refugiados Refugees International, criticou a atitude do partido, afirmando que se trata de “um ato terrível de hostilidade e xenofobia em relação a requerentes de asilo e refugiados”.

Nos últimos meses, imigrantes e refugiados na Europa têm sido responsabilizados por parte da população do continente por vários ataques terroristas, incluindo o ataque em Nice, na França, que matou 84 pessoas, e um atentado suicida em Ansbach, na Alemanha, que feriu 15 pessoas.

(Com ANSA)

Continua após a publicidade

Publicidade