Clique e assine com até 92% de desconto

Partido de Zelaya está apto a disputar eleições de 2013 em Honduras

Por Da Redação 13 mar 2012, 17h09

Tegucigalpa, 13 mar (EFE).- O partido Liberdade e Refundação (Libre), liderado pelo ex-presidente de Honduras, Manuel Zelaya, foi inscrito legalmente para participar das eleições de 2013.

O presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de Honduras, Enrique Ortéz Sequeíra, disse que a inscrição do partido foi aceita por esse organismo porque cumpriu os requisitos exigidos pela legislação eleitoral.

Ao tomar conhecimento da resolução, Zelaya agradeceu aos magistrados do TSE pelo ‘reconhecimento que estão dando ao povo hondurenho’ ao inscrever seu partido.

‘Hoje foram reconhecidos os anseios de um povo que deseja ter um espaço maior de participação nas lutas políticas a fim de conseguir a transformação de Honduras’, ressaltou o ex-presidente.

Zelaya qualificou a inscrição do partido Libre como ‘um acontecimento histórico’ porque ‘marca uma ruptura com o passado, mas cria uma esperança para os hondurenhos’.

O partido Livre apresentou em 30 de outubro de 2011 sua solicitação formal para inscrever-se perante o TSE.

Em fevereiro, a corrente Força e Refundação Popular (FRP) do partido Libre deu seu respaldo unânime à esposa de Zelaya, Xiomara Castro, para que seja a candidata à presidência nas eleições gerais de novembro de 2013.

Zelaya foi deposto do cargo de presidente de Honduras no dia 28 de junho de 2009, quando promovia uma consulta popular para reformar a Constituição apesar dos impedimentos legais para isso. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade