Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Partido de Putin vence as eleições na Rússia

Resultado preliminar aponta que o atual presidente conquistou maioria no parlamento, garantindo que ele seja reeleito em 2024

Por Sergio Figueiredo Atualizado em 19 set 2021, 18h21 - Publicado em 19 set 2021, 17h58

Após três dias de eleições parlamentares na Rússia, as quais se encerraram neste domingo, os resultados preliminares apontam para a vitória do partido que apoia o atual presidente, Vladimir Putin. Ainda que fique com menos cadeiras em comparação à composição atual, o partido governista, Rússia Unida, ainda terá respeitável margem, o que deve garantir suporte à reeleição do atual presidente em 2024.

Nestas eleições, a presença do partido Rússia Unida no parlamento deve cair de 54% para 45%, efeito provável da campanha de voto útil do ativista Alexei Nalvany, que foi proibido de participar do pleito, mas aparentemente teve algum sucesso em fazer parte da população votar nos oposicionistas com maior chance de conquistar uma vaga. De qualquer forma, o partido comunista e o partido nacionalista devem ficar com 30% das 450 cadeiras, e esses dois votam com o governo nos assuntos mais importantes.

As eleições russas transcorreram sob suspeita de fraude em diversas localidades, inclusive com denúncias de que estaria sendo inserido mais do que um voto por pessoa em certas urnas. Além disso, críticos do Krêmlin dizem que as eleições deveriam ser impugnadas, uma vez que Nalvany foi alijado do processo ilegalmente, e sua campanha, sabotada pelo governo nas redes sociais. Putin está no poder, como presidente ou primeiro-ministro, desde 2000. E, pelo que tudo indica, confirmando-se os resultados, deverá continuar até o fim da década. Ele está hoje com 68 anos.

Publicidade