Clique e assine a partir de 9,90/mês

Parteira alemã pega 15 anos de prisão por forçar cesáreas

O tribunal a declarou culpada por sete tentativas de assassinato e lesões físicas graves

Por Da redação - Atualizado em 28 out 2016, 12h26 - Publicado em 28 out 2016, 12h20

Uma corte de Munique, cidade no sul da Alemanha, condenou nesta sexta-feira a 15 anos de prisão uma parteira que aplicava injeções de anticoagulantes a mulheres prestes a dar à luz, para forçar cesáreas de urgência. A parteira, identificada apenas como Regina K., foi detida depois de ter sido denunciada por suas pacientes.

O tribunal a declarou culpada por sete tentativas de assassinato e lesões físicas graves, o que, além da pena de prisão, acarretará à parteira, de 35 anos, a inabilitação profissional. Na sentença, o juiz explicou que as vítimas provavelmente teriam morrido se não tivessem sido operadas em caráter de urgência.

Leia também
Kim Jong-un bebeu 10 garrafas de vinho em uma noite, diz ex-chef
Garçom quebra polegar de Vênus de 2.000 anos em museu britânico

Ela era a única pessoa que estava em contato direto com cada uma das pacientes quando os casos ocorreram “naquele que devia ser o dia mais feliz de suas vidas”, aponta a sentença. A Promotoria alemã tinha pedido uma condenação à prisão perpétua, mas o juiz não a aplicou.

(Com agência EFE)

Publicidade