Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Parlamento de Israel aprova novo premiê e era Netanyahu chega ao fim

Foi dado um voto de confiança à coalização liderada por Naftali Bennett, o novo líder do país

Por Da Redação Atualizado em 14 jun 2021, 09h24 - Publicado em 13 jun 2021, 15h48

O governo de Benjamin Netanyahu chegou ao fim após 12 anos consecutivos do primeiro-ministro no poder. O Parlamento de Israel decidiu neste domingo dar um voto de confiança à coalização liderada por Naftali Bennett, o novo líder.

Ex-empresário do setor de tecnologia, Bennett tem 49 anos é considerado conservador de direita, se opõe à criação de um Estado Palestino e defende que Israel faça a anexação de boa parte da Cisjordânia.

A coalização que ele representa, montada para derrubar Netanyahu, abriga siglas variadas do espectro ideológico.

LEIA TAMBÉM: Derrubar Netanyahu é pouco perto dos problemas que Lapid enfrentará

Há desde integrantes da esquerda até membros da extrema direita. Pela primeira vez na história israelense, há ainda a participação de um partido árabe independente.

O grupo obteve uma maioria apertada no Knesset, o parlamento israelense, com 59 votos a favor e uma abstenção, dos 120 assentos.

Para superar a fragilidade, Bennett concordou em estabelecer uma liderança rotatória. Assim, se a coalização for mantida até 2023, ele cederia o cargo de primeiro-ministro a Yair Lapid, um ex-apresentador de televisão de centro.

Continua após a publicidade
Publicidade