Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Parlamento convoca vice de Maduro para justificar prorrogação de emergência econômica

O Parlamento venezuelano se declarou em “sessão permanente”, neste domingo, para estudar o pedido de prorrogação do decreto de emergência econômica do governo, e pediu ao vice-presidente Aristóbulo Istúriz que explique os êxitos alcançados com a medida.

“A junta diretora enviou uma carta ao vice-presidente, convidando-o a nos dar as informações requeridas para decidir sobre a prorrogação”, afirmou o presidente da Assembleia Nacional Herny Ramos Allup. “Se o vice-presidente não comparecer é porque o governo não quer informar, e nós não poderemos aprovar o pedido.”

Istúriz disse não ter recebido qualquer convite. “Quando chegar, eu verei”, declarou à rede pública de televisão, sem antecipar se irá à audiência.

Já o legislador chavista Elías Jaua afirmou que, se o Congresso não validar a prorrogação, “ficará novamente de costas para o país”.

Em 15 de janeiro passado, Maduro promulgou um decreto, vigente por 60 dias, que autorizava seu governo a dispor de bens do setor privado para garantir o abastecimento de produtos básicos, limitar a entrada e a saída de moeda local em espécie e facilitar a entrega de divisas para agilizar as importações.

Embora a medida tenha sido vetada pela maioria de oposição no Parlamento, a Sala Constitucional da corte suprema venezuelana reconheceu sua legalidade e firmou sua vigência.

(Com AFP)