Clique e assine a partir de 9,90/mês

Paraguai pedirá envio de observadores internacionais para eleições de 2013

Por Da Redação - 17 jul 2012, 19h59

Assunção, 17 jul (EFE).- O Tribunal Superior de Justiça Eleitoral do Paraguai (TSJE) anunciou nesta terça-feira que pedirá a presença de observadores internacionais durante as eleições do dia 21 de abril de 2013.

A decisão foi anunciada pelo Tribunal em uma nota oficial divulgada em seu site, após uma reunião entre os presidentes do órgão eleitoral, Alberto Ramírez Zambonini, e do país, Federico Franco.

Segundo o órgão, a convocação das eleições ocorrerá durante um ato oficial no próximo dia 21 de agosto, quando os chefes dos três poderes do Estado ‘enviarão uma mensagem para ratificar o compromisso da defesa do Estado de Direito’.

A delegação do Parlamento Europeu que se encontra no Paraguai havia sondado nesta terça-feira a possibilidade de mandar observadores para as eleições e do presidente cassado, Fernando Lugo, concorrer como candidato ao Senado, de acordo com fontes em Assunção.

Continua após a publicidade

O TSJE descartou a possibilidade de antecipar o pleito, algo que não existe na Constituição, mas que foi pleiteado como possível solução para a crise provocada pela cassação de Lugo.

O mandato do atual presidente, Federico Franco, acaba no dia 15 de agosto de 2013. EFE

Publicidade