Clique e assine a partir de 9,90/mês

Para fugir de impostos, Trump se muda de Nova York para a Flórida

Presidente americano nunca divulgou suas declarações de Imposto de Renda; sai de Manhattan para o resort em Mar-a-lago

Por Da Redação - Atualizado em 30 jul 2020, 19h36 - Publicado em 1 nov 2019, 13h49

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mudará seu endereço residencial de Nova York, onde viveu até chegar à Casa Branca, para a Flórida, onde pagará bem menos impostos estaduais e municipais. Além da motivação fiscal, a mudança poderá trazer impacto positivo para o candidato à reeleição em 2020 em um estado bastante difícil de se conquistar.

A residência pessoal do presidente americano, que até então era um luxuoso triplex na Trump Tower de Manhattan, agora se torna Mar-a-Lago, sua famosa mansão no resort com campo de golfe de Palm Beach, onde passa os fins de semana de inverno para fugir do frio de Washington.

“Eu aprecio Nova York e seu povo e sempre apreciarei, mas infelizmente, embora eu pague milhões de dólares em impostos municipais e estaduais a cada ano, os líderes políticos municipais e estaduais têm me tratado muito mal. Poucos foram tratados pior. Detesto ter de tomar esta decisão, mas, no final, será a melhor para todos os envolvidos”, disse o presidente nesta sexta-feira, 1.

Desde que assumiu a Presidência americana, Trump se envolveu em polêmicas relativas ao fisco. Ele nunca divulgou suas declarações de seu imposto de renda, rompendo uma tradição de décadas na política americanae  gerando especulações sobre seus negócios e suspeitas de evasão fiscal.

Uma fonte próxima do presidente confirmou ao jornal americano The New York Times que a motivação era fiscal, devido aos impostos cobrados no Estado. O governador de Nova York, Andrew Cuomo, negou que Trump tenha contribuído para o fisco estadual. “Trump não pagou impostos aqui. Ele é todo seu, Flórida”, disse.

O motivo de um magnata mover-se para a Flórida está nos benefícios para a sua fortuna pessoal. Nesse Estado, não se paga imposto sobre herança e nem imposto estadual, ao contrário de Nova York, onde os ricos desembolsam 9% de suas rendas para o Estado, 4% para a cidade e 16% em heranças superiores a 10 milhões de dólares.

Mas a mudança pode também ter fins eleitorais. Enquanto na sua cidade natal sua popularidade é baixa, pois o Estado de Nova York é fortemente democrata, na Florida ele encontra um apoio muito forte, principalmente por ter vencido naquela região nas eleições de 2016.

A Florida é considerada um dos Estados onde a maioria dos eleitores não é fiel nem a políticos democratas nem a republicanos. A cada eleição, conseguir o apoio local exige tarefa árdua das campanhas dos dois partidos.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade