Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Paquistão: bomba explode em comboio que levava agentes de vacinação

Duas pessoas morreram na explosão, que foi registrada em região onde poliomielite é endêmica

Uma bomba explodiu nesta segunda-feira perto de uma van que transportava agentes de segurança, em Malikhel, no noroeste do Paquistão, matando duas pessoas, segundo autoridades do país. Os seguranças tinham a missão de proteger agentes de vacinação que desenvolvem ações para combater a poliomielite na região, onde a doença é considerada endêmica.

Nenhum agente ficou ferido. Malikhel fica perto de Peshawar, o turbulento centro provincial paquistanês na fronteira com o Paquistão. A polícia chegou a informar que seis pessoas morreram na explosão, mas depois revisou o número.

Leia também:

Nove mulheres são mortas em ataque a clínicas na Nigéria

Terroristas do grupo Talibã, que se opõem às vacinas, frequentemente atacam os agentes responsáveis pela aplicação. Eles também ameaçam as pessoas que querem levar o remédio para seus filhos.

Em 2011, o Paquistão teve 198 casos da poliomielite confirmados, o maior número do mundo. O país foi capaz de reduzir esse número para 58 em 2012 através de um programa de vacinação agressivo. Até outubro deste ano, já foram registrados 36 casos no país.

Os terroristas afirmam que a vacina serve para esterilizar as crianças muçulmanas e acusam os funcionários da saúde de serem espiões dos EUA.

(Com Estadão Conteúdo)

.