Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papa quer músicas novas para as missas

Vaticano acredita que "o nível e a qualidade dos cantos são sempre modestos e não respeitam a diversidade cultural"

O Vaticano quer renovar os cantos durante as liturgia nas missas, que praticamente repetem as mesmas canções e temas, consideradas “desgastadas” pela Santa Sé. Apesar de ressaltar que o repertório tem aumentado nos últimos anos, o Pontifício Conselho para a Cultura admite que “o nível e a qualidade dos cantos são sempre modestos e não respeitam a diversidade cultural”.

As possíveis mudanças nos cantos litúrgicos serão debatidas em um encontro entre os dias 2 e 4 de março, numa mesa chamada “Música e Igreja: Cultura e Cultura em 50 anos de Música Sacra”.

“Não podemos ter medo de discutir a qualidade da música. O encontro não será um tribunal, vamos discutir, e toda a discussão deve ser o mais universal possível”, disse Carlos Aberto Azevedo, delegado do dicastério vaticano da Cultura. “O encontro propõe estimular uma reflexão profunda, em nível mundial, litúrgico, teológico e fenomenológico que, além das polêmicas estéreis, possa ser uma proposta positiva para um culto cristão, expressão de louvor a Deus e em concordância com a diversidade dos modelos culturais”, afirmou, por sua vez, o presidente do dicastério, cardeal Gianfranco Ravasi.

(Com ANSA)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Luis Eslabão

    Por Favor, esse fanátismo político é inútil e infértil pra igreja o Papa apenas sugeriu uma renovação na música da liturgia e já estão i chamando de comunista , todos nós católicos sabemos que as músicas são antigas e que muitas têm problemas com harmonia, melodia, pessoas de dentro das igrejas e fora reclamam. Compositores brasileiros? De onde tirou essa aushua? Todo Brasileiro pode ser um “compositor brasileiro”, se tu falas sobre compositores brasileiros consagrados ainda continua a ser um absurdo. O Espírito Santo é pura inspiração e poesia, ele renova todas as coisas, precisamos deixar o espírito agir sobre as composições também, por que não renovar? Se muita gente reclama.
    Canto gregoriano? Nem todos gostam. Em nossa igreja há espaço pra diversidade que seja respeitoso. Alias, esse tipo de música está ultrapassado apenas ele afastaria muita gente, pois é antigo e está saturado. Missa em latim? Para as pessoas não entenderem o que rezam? Por favor, São Paulo mesmo criticou as orações em línguas, pois as pessoas não entendiam o que se dizia, o que mesmo ocorre com a missa em latim. Se for uma ou outra é correto pois existe espaço para aqueles que gostam.

    Curtir