Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papa permite que menina com deficiência ocupe palco e encanta plateia

"Essa pobre garota é vítima de uma doença e não sabe o que está fazendo", disse Francisco durante audiência no Vaticano

Uma menina com deficiência mental invadiu o palco durante a audiência geral do papa Francisco no Vaticano nesta quarta-feira, 21. O pontífice permitiu que a garota se movimentasse à vontade no palanque, batendo palmas e dançando, enquanto a plateia aplaudia a atitude.

A menina, que usava uma camiseta rosa com a palavra “Amor”, escapuliu da mãe na frente do salão de audiências e foi até o grande palco de mármore. Ela perambulou de um lado a outro diante dele, saltou e ocasionalmente bateu palmas com força.

Francisco sinalizou aos seguranças para que deixassem a menina circular livremente. A garota voltou para a mãe, que tentou mantê-la quieta, mas ela escapuliu de novo e voltou ao palco, recebendo aplausos da plateia no salão de audiências do Vaticano.

“Essa pobre garota é vítima de uma doença e não sabe o que está fazendo”, disse Francisco ao final da audiência, que durou mais de uma hora.

“Pergunto uma coisa, e todos deveriam responder em seus corações. Orei por ela quando a vi? Orei para que o Senhor a cure e proteja? Orei por seus pais e sua família?”

“Quando vemos uma pessoa que está sofrendo, devemos orar. Esta situação deveria nos ajudar a sempre fazer essa pergunta”, disse.

No ano passado, Francisco permitiu que um menino autista brincasse no palco à vontade. A criança brincou com as vestes de um guarda suíço que acompanhava o pontífice e atrás da cadeira do papa.

“[Ele] sabe como se expressar. Mais do que isso: é livre. É indisciplinadamente livre”, comentou o sacerdote aos fiéis, que riram.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    É bom para virar moda.

    Curtir