Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Papa manifesta apoio a um estado palestino independente

Bento XVI concordou sobre necessidade de encontrar saída justa e duradoura

Por Da Redação 3 jun 2011, 12h23

O papa Bento XVI se reuniu nesta sexta-feira com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, com quem concordou sobre a necessidade de encontrar uma solução “justa e duradoura” para o conflito com Israel a fim de garantir a criação de um estado palestino independente.

Bento XVI e Abbas tiveram uma reunião particular durante 17 minutos em um ambiente de “cordialidade” na biblioteca privada do papa, após a qual o dirigente da ANP se reuniu com o secretário de Estado, o cardeal Tarcisio Bertone, e com o arcebispo Dominique Mamberti, informou o Vaticano.

“Durante o cordial colóquio, foi analisada a atormentada situação no Oriente Médio e, em particular, a necessidade de se alcançar uma solução justa e duradoura ao conflito entre israelenses e palestinos, para assegurar que os direitos de todos sejam respeitados e se cumpram as legítimas aspirações do povo palestino a um estado independente”, assinalou a Santa Sé, em comunicado.

Paz – Também se ressaltou que os estados israelense e palestino devem viver seguros e em paz com seus vizinhos. “Nesse quadro, com o apoio da comunidade internacional e um espírito de cooperação e de abertura à reconciliação, a Terra Santa poderá conhecer a paz”, acrescentou o comunicado do Vaticano.

Durante os encontros também se destacou a situação dos cristãos nos territórios palestinos – onde a maioria dos habitantes é árabe – e se ressaltou sua contribuição à vida social e à convivência entre os povos. O presidente palestino chegou ao Vaticano com uma comitiva de nove pessoas, entre elas Saeb Erekat, membro do comitê executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Esta foi a quinta vez que Bento XVI e Abbas se reuniram. O primeiro encontro foi em 3 de dezembro de 2005, quando o palestino convidou o papa para visitar Jerusalém e Belém e lhe entregou um passaporte especial emitido pela ANP. A outra reunião ocorreu em 24 de abril de 2007 no Vaticano. Depois, os dois voltaram a se encontrar em 13 de maio de 2009 em Belém, durante a estadia do Pontífice na Terra Santa e o último encontro antes desse foi em 8 de outubro de 2009 no Vaticano.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade