Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Papa lamenta incêndios no Pantanal e em outras partes do mundo

Pontífice reconheceu que muitas das queimadas 'são causados pela persistente seca, mas não faltam as de origem humana'

Por Da Redação Atualizado em 12 out 2020, 09h02 - Publicado em 12 out 2020, 08h53

O papa Francisco lamentou neste domingo, 11, os incêndios que recentemente devastaram parte do Brasil, Argentina, Paraguai e também da Califórnia, nos Estados Unidos, e criticou aqueles que são causados pelo homem.

“Quero expressar a minha proximidade com as populações atingidas pelos incêndios que assolam muitas regiões do planeta, e com os voluntários e bombeiros que arriscam as suas vidas para os extinguir”, disse Francisco, momentos após a oração do Angelus. “Estou pensando na costa oeste dos Estados Unidos, especificamente na Califórnia, mas também nas regiões centrais da América do Sul, o Pantanal, o rio Paraná, a Argentina”, acrescentou.

O pontífice reconheceu que “muitos incêndios são causados pela persistente seca, mas não faltam os de origem humana” e pediu que “o Senhor apoie os que sofrem com estas catástrofes”.

  • Recentemente, um incêndio florestal atingiu áreas próximas ao Santuário de Elefantes, em Mato Grosso, o único na América Latina. As autoridades estão trabalhando para impedir que ele chegue a essa reserva; enquanto no mês passado, incêndios devastaram o Pantanal, a maior área úmida do mundo.

    Também em setembro, incêndios florestais atingiram a província argentina de Córdoba, no centro do país, enquanto o maior incêndio da história da Califórnia ultrapassou a barreira de um milhão de hectares em 5 de outubro.

    (Com EFE)

    Continua após a publicidade
    Publicidade