Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papa Francisco canoniza uma freira mexicana e outra colombiana

Religiosas foram fundadoras de ordens na América Latina. Papa também canonizou 800 mártires italianos mortos em 1480

O papa Francisco proclamou neste domingo os primeiros santos de seu pontificado: a freira colombiana Laura Montoya e Upegui (1874-1949), a mexicana Guadalupe García Zavala, conhecida como mãe Lupita (1878-1963), além de 800 mártires italianos assassinados em 1480 pelos otomanos. A cerimônia de canonização aconteceu na Praça São Pedro e teve a presença de milhares de fiéis e de delegações oficiais de Colômbia, México e Itália.

A canonização foi pedida a Francisco pelo cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos. “Os incluímos no livro dos santos e estabelecemos que em toda a Igreja sejam devotamente honrados entre os santos”, disse o papa.

Leia também:

Conheça o roteiro do papa Francisco em Aparecida

Papa Francisco nomeia dois bispos brasileiros

Depois da cerimônia, os fiéis se dirigiram para os dois grandes retratos das freiras latino-americanas e uma tapeçaria que representa os ‘mártires de Otranto’, a cidade do sul da Itália onde foram assassinados.

Laura Montoya e Upegui será a primeira santa colombiana. A freira foi fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias da Beata Virgem Maria Imaculada e de Santa Catarina de Sena, que hoje está presente em 21 países ao redor do mundo. Guadalupe García Zavala, a mãe Lupita, será a segunda santa do México.

Papa no Brasil – Nesta semana, foi divulgada a agenda de Francisco durante sua viagem ao Brasil, entre 22 e 29 de julho, em razão da XXVIII Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro. O pontífice ficará hospedado na residência da Igreja, no Sumaré. No primeiro dia, ele encontrará a presidente Dilma Rousseff, o governador Sérgio Cabral, e outras autoridades.

No Rio, além das atividades da jornada, o papa programou visitas à favela de Varginha, em Manguinhos, ao Hospital São Francisco de Assis e a participação de um encontro no Theatro Municipal. Francisco também irá ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo, para rezar diante da padroeira do Brasil.

(Com agência EFE)