Clique e assine com 88% de desconto

Papa diz que Joana D’Arc é exemplo para líderes mundiais

Bento XVI falou sobre vida da heroína francesa durante sua audiência semanal

Por Da Redação - 26 jan 2011, 20h26

O papa Bento XVI afirmou, nesta quarta-feira, que os líderes mundiais deveriam seguir o exemplo de Joana d’Arc, a heroína francesa julgada por heresia e queimada em uma fogueira por defender suas convicções. O pontífice destacou a vida da religiosa do século XV durante sua audiência semanal. Nos últimos meses, ele tem aproveitado a ocasião para falar sobre mulheres importantes na história da Igreja Católica.

Bento XVI afirmou que Joana d’Arc é “um exemplo de santidade para os laicos que trabalham na vida pública, particularmente durante as situações mais difíceis”.

A religiosa levou os franceses a diversas vitórias sobre os ingleses, durante a Guerra dos Cem Anos. Foi julgada por heresia e bruxaria e queimada em uma fogueira em 1431. Sua condenação foi anulada mais tarde e ela acabou canonizada, em 1920.

(Com Agência Estado)

Publicidade