Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Papa chega a NY e expressa sua “proximidade” aos muçulmanos após tragédia em Meca

Por Da Redação 24 set 2015, 22h16

O papa Francisco expressou nesta quinta-feira sua “proximidade” aos que denominou como “meus irmãos islâmicos” pela tragédia ocorrida na cidade saudita de Meca, onde nesta quinta-feira morreram pelo menos 717 pessoas em um tumulto.

“Queria que minha saudação tivesse sido mais calorosa”, acrescentou o pontífice. “Neste momento de oração me uno e nos unimos na prece a Deus nosso pai todo-poderoso e misericordioso”, disse Francisco em cerimônia religiosa realizada na Catedral de St. Patrick, em Nova York.

Leia mais:

No Congresso, papa pede fim da pena de morte e para os EUA não ‘temerem imigrantes’

Do contra: Trump discorda de discursos do papa Francisco nos EUA

EUA: Menina de 5 anos fura bloqueio e entrega carta com pedido ao papa Francisco

O papa chegou na tarde desta quinta-feira à cidade, na segunda etapa de sua viagem aos Estados Unidos. Na sexta, ele pronunciará um discurso na Assembleia Geral da ONU e presidirá uma cerimônia ecumênica no local onde ficavam as torres do World Trade Center, derrubadas nos atentados de 11 de setembro de 2001. No sábado, Francisco viajará à cidade da Filadélfia, última etapa de sua décima viagem internacional, e embarcará de volta a Roma na noite de domingo.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade