Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pandas nascidos nos EUA sofrem choque cultural na China

As duas fêmeas estão sofrendo para se adaptar à língua e às comidas locais

Dois pandas gigantes que nasceram nos Estados Unidos foram enviados de volta à China, mas estão sofrendo para se adaptar à língua e às comidas locais, de acordo com a imprensa chinesa. Os dois animais, chamados Mei Lun e Mei Huan, são os primeiros de sua espécie a sobreviver após nascerem em solo americano.

A dupla nasceu no Zoológico de Atlanta e foi enviada para a China, na Base de Pesquisa e Criação de Pandas Gigantes de Chengdu, no sudoeste do país. Os animais são, na verdade, fêmeas, e tem 3 anos de idade. Mas, segundo o People’s Daily, jornal estatal chinês, elas estão sofrendo um choque cultural em sua nova casa.

Os pandas ainda entendem inglês melhor do que chinês e preferem bolachas salgadas americanas ao pão chinês, que é tipicamente oferecido aos animais da espécie nos zoológicos chineses. Um dos criadores da Base de Chengdu, Luo Yunhong, afirmou ao People’s Daily que está tentando oferecer outras comidas, como bambus e maças, misturadas aos biscoitos, para ajudar na substituição do hábito alimentar. Luo também relatou que está tentando ensinar algumas frases simples em mandarim, como “Chi le mei de?” (Você já comeu?).

A notícia provocou muitos comentários nas redes sociais chinesas, com alguns usuários dizendo que os pandas facilmente se acostumariam à famosa culinária picante local. Outros brincaram com a transição dos animais da democracia americana para o governo de partido único chinês: “Não importa se eles não entendem nossa língua”, escreveu um internauta. “Tenho medo de que eles vão pedir ao zoológico mais liberdade e democracia.”

Os pais de Mei Lun e Mei Huan foram enviados ao Zoológico de Atlanta pela China nos termos de um programa diplomático no qual os chineses emprestam os animais com riscos de extinção para reprodução a outros países como um gesto de amizade. O acordo, no entanto, exige que os filhotes sejam devolvidos ao território chinês antes de completarem 4 anos.

Vídeo: Chegada de Mei Lun e Mei Huan na China

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcelo Henrique

    Tem que ensinar inglês pros pandas. Pô!

    Curtir