Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Palestinos decididos a ir ao Conselho de Segurança apesar de veto americano

Por Nicholas Kamm 8 set 2011, 17h33

Os palestinos reafirmaram nesta quinta-feira sua determinação para solicitar ao Conselho de Segurança sua adesão à ONU como Estado-membro, apesar do veto dos Estados Unidos.

“Vamos ao Conselho de Segurança para proteger os direitos do povo palestino e a ideia de uma solução com dois Estados”, disse à AFP Nabil Abu Rudeina, porta-voz do presidente palestino Mahmoud Abbas.

“Não queremos problemas com a administração americana, mas estamos comprometidos em negociações sobre as linhas (fronteiriças) de 1967 e o congelamento da colonização, afirmou Rideina.

Pouco antes, os Estados Unidos anunciaram que vetarão uma tentativa dos palestinos de obter o reconhecimento de seu Estado na ONU se o caso for apresentado para votação no Conselho de Segurança.

“Não deverá causar surpresa (…) o fato de os Estados Unidos se oporem a uma iniciativa dos palestinos em Nova York para tentar estabelecer um Estado que não pode ser obtido a não ser pela negociação. Dessa forma, se algo for votado no Conselho de Segurança, os Estados Unidos vetarão”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland.

Continua após a publicidade
Publicidade