Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Países do G77 pedem que Grã-Bretanha negocie com Argentina sobre Malvinas

Por Faisal al-Tamimi 21 abr 2012, 18h22

Representantes do Grupo dos 77 países mais a China, reunidos em Doha, aprovaram uma declaração pedindo que a Grã-Bretanha retome as negociações com a Argentina sobre a soberania das Ilhas Malvinas, informou neste sábado a chancelaria argentina.

O documento foi assinado pelos países que participam da XIII Conferência das Nações Unidas sobre Comécio e Desenvolvimento, que acontece em Doha. A Argentina esperava um pronunciamento semelhante na recente Reunião de Cúpula das Américas, realizada na Colômbia, mas a iniciativa fracassou devido à recusa de Estados Unidos e Canadá a incluir na declaração final o apoio à posição argentina.

O G77 mais a China cita em seu documento “a necessidade de que Argentina e Grã-Bretanha retomem as negociações, em conformidade com os princípios e objetivos da Carta das Nações Unidas e as resoluções pertinentes da Assembleia Geral”.

O texto pede às partes que encontrem, “assim que possível, uma solução pacífica para a disputa pela soberania, que afeta seriamente a capacidade econômica argentina”.

Os representantes pediram que “ambas as partes se abstenham de tomar decisões que implicariam a introdução de mudanças unilaterais na situação enquanto as ilhas passam pelo processo recomendado pela Assembleia Geral”.

Continua após a publicidade
Publicidade