Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

País em crise? Deputada chavista ostenta seu luxo no Instagram

A deputada chavista Mariana Lerín, eleita pelo Estado de Portuguesa no Parlamento venezuelano, é uma advogada de 38 anos que afirma se identificar com a juventude do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), atualmente no poder. A julgar por suas centenas de fotos de campanha no Facebook, a vaidosa deputada padece do chamado “efeito sanfona” e alterna momentos de boa forma física e outros com uma silhueta mais “cheinha”. Mas quando Mariana está de bem com seu corpo, ela vidência sua alegria com fotos – muitas.

Em sua conta na rede social Instagram, a deputada exibe diversas imagens de sua vida luxuosa, com direito a viagens de iate e idas constantes à praia. Em muitas postagens, faz questão de mostrar suas novas aquisições, como um relógio, botas e até mesmo artigos de lingerie. O estilo de vida da deputada surpreendeu a população e a imprensa oposicionista venezuelana, que denuncia constantemente a crise econômica, a escassez de alimentos e outros produtos básicos no país.

Gritos – Além da ostentação, Mariana ganhou uma breve notoriedade na Venezuela após a sessão parlamentar da última segunda-feira, quando durante uma discussão sobre a Lei de Anistia dos presos políticos a deputada fez um discurso inflamado. Usando e abusando de um tom de voz altíssimo e de gestos teatrais para argumentar contra a proposta de lei, ela parece esquecer-se que quem grita mais nem sempre tem a razão.

Leia também:

Venezuela desvaloriza bolívar em 37% e eleva preços da gasolina

Casa de prefeito opositor venezuelano é assaltada e pichada

Venezuela: Maior produtor de alimentos fecha fábricas e diz que não há matéria-prima

(Da redação)