Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Padre é preso em Roma por abuso sexual de menores

Por Da Redação 2 fev 2016, 15h41

Um padre italiano de Palermo, capital da Sicília, foi detido nesta terça-feira após denúncias de abuso sexual de três menores de idade, informou a polícia local em comunicado.

Os agentes de Palermo, em conjunto com os de Roma, detiveram na capital italiana o padre, que está em prisão preventiva por ordem do Tribunal de Palermo. Segundo a imprensa do país, o religioso Roberto Elici, de 40 anos, abusou de dois irmãos de 13 e 15 anos, inclusive na casa deles, enquanto atuava na paróquia de Nossa Senhora da Assunção. Durante a investigação do Ministério Público, as autoridades descobriram uma terceira vítima, hoje maior de idade.

A investigação foi coordenada pelo promotor de Justiça Claudio Camilleri e seu adjunto Salvo de Luca, que consideram Elici responsável por atos de violência sexual contra menores. Os abusos se prolongaram, pois os responsáveis das crianças tinham confiança no sacerdote e ele se “aproveitou (disso) para chegar até elas”, segundo a nota.

Leia também:

Mais de 10.000 crianças imigrantes estão desaparecidas na Europa

(Com EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade