Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Padre ajudou a recuperar relíquias de Notre-Dame

Religioso retirou a Santa Coroa e o Santíssimo Sacramento da catedral em chamas; capelão já havia auxiliado vítimas de atentado no Bataclan

O capelão do Corpo de Bombeiros de Paris, Jean-Marc Fournier, está sendo saudado como herói depois de resgatar duas importantes relíquias da catedral de Notre-Dame, atingida por um devastador incêndio na tarde desta segunda-feira 15.

Fournier insistiu para ser autorizado a se infiltrar na igreja com os bombeiros durante os esforços para apagar as chamas, segundo Philippe Goujon, o prefeito do 15º distrito de Paris.

O padre, contudo, conseguiu entrar na catedral antes que duas importantes peças religiosas fossem destruídas. De acordo com a rede de televisão cristã francesa KTO, Fournier resgatou a Santa Coroa, feita a partir de partes da coroa de espinhos supostamente usada por Jesus Cristo em sua crucificação.

O religioso também conseguiu retirar da igreja o Santíssimo Sacramento, as hóstias já consagradas usadas no ritual da Eucaristia, normalmente armazenadas em um cálice de ouro ou prata.

A Santa Coroa de Espinhos – 21/03/2014

A Santa Coroa de Espinhos – 21/03/2014 (Philippe Wojazer/Reuters)

O capelão já tinha participado de outra grande operação de resgate em Paris. Fournier ajudou a confortar os feridos e familiares das vítimas depois do atentado de 13 de novembro de 2015 contra o Bataclan, uma das mais tradicionais casas de shows da cidade.

O ato deixou 89 mortos, depois que extremistas islâmicos atacaram vários alvos daquela noite. Ao todo, 130 pessoas morreram nos atentados.

O incêndio

O incêndio destruiu parte de telhado da catedral e ardeu intensamente por mais de 12 horas. O fogo começou na parte superior do prédio.

Rémy Heitz, procurador de Paris, afirmou que um primeiro alarme de incêndio foi disparado às 18h20 (13h20 em Brasília), mas não foram encontrados focos de chamas após buscas.

O reitor da catedral, Monsenhor Patrick Chauvet, contou à emissora de rádio France Inter que o local contava com monitores de incêndio que checavam a parte inferior do telhado de madeira três vezes por dia. Notre-Dame é a catedral mais visitada do mundo.

Um segundo alarme foi disparado às 18h43 (13h43 em Brasília) e um foco de incêndio foi detectado na estrutura de madeira do telhado. Heitz disse que os investigadores trabalham com a hipótese de que se trata de um acidente.

Ninguém morreu, mas um bombeiro e dois policiais ficaram feridos. De acordo com testemunhas, as portas da catedral foram fechadas pouco após um último grupo de turistas tentar entrar no local. Minutos depois, já era possível ver a fumaça saindo do topo da estrutura.

Vídeos divulgados na segunda-feira mostravam que o conjunto de andaimes ao redor da base da torre, parte de uma reforma que estava em andamento, foi um dos primeiros lugares visivelmente em chamas.

Cerca de 400 bombeiros foram enviados a Île de la Cité, região no coração de Paris, onde a Notre-Dame está localizada. O chefe dos bombeiros de Paris, Jean-Claude Gallet, afirmou que a estrutura da catedral no geral, incluindo as duas torres da frente, foi “salva e preservada” – o telhado foi destruído.

“O pior foi evitado, mesmo que a batalha não tenha sido vencida por completo”, disse o presidente francês, Emmanuel Macron, acrescentando que iniciaria uma campanha nacional de arrecadação de fundos para ajudar a reconstruir a catedral.