Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Overdose de Maduro: discursos do presidente venezuelano em rede nacional já somam mais de 500 horas

Desde que Nicolás Maduro assumiu a presidência da Venezuela, em março de 2013, os venezuelanos já ouviram mais de 500 horas de discursos do sucessor de Hugo Chávez em cadeia nacional de rádio e televisão. Os dados, coletados pelo grupo Monitoreo Ciudadano, não incluem os discursos veiculados somente pela TV estatal, que as emissoras locais não são obrigadas a transmitir ao vivo.

“Nas primeiras semanas deste ano, ele ultrapassou 500 horas”, informou o grupo nesta semana em um blog. “Toda vez que a presidência realiza uma cadeia está negando aos venezuelanos o controle da liberdade de informação e entretenimento.”

Leia também:

Sem mencionar a Venezuela, cúpula da Celac vai exaltar a democracia

Três ‘bombas panfletárias’ explodem perto do Parlamento venezuelano

As transmissões em rede nacional foram o pilar da estratégia de comunicação de Chávez durante sua presidência, de 1999 a 2013, antes de morrer de câncer. Enquanto muitas vezes encantava apoiadores com seu estilo folclórico, piadas e músicas, Chávez também irritava pessoas ao atrapalhar a transmissão de jogos de beisebol e novelas.

Embora seja um orador menos dotado que Chávez, Maduro continuou avidamente as transmissões em rede nacional após assumir a presidência venezuelana, há quase três anos. Ele frequentemente diz que as transmissões são necessárias para que a “mídia hostil” não oculte suas políticas de bem-estar.

(Com Reuters)