Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Outro voo da Southwest Airlines é obrigado a fazer pouso de emergência

Janela rachada obrigou piloto a pousar após 2 horas de voo. Ninguém se feriu

Um voo da Southwest Airlines teve de fazer um pouso de emergência nesta quarta-feira (2) depois que uma das janelas do avião se quebrou, informou a Administração Federal da Aviação (FAA) dos Estados Unidos. O Boeing 737 carregava 76 passageiros. Ninguém se feriu no incidente.

A aeronave saiu de Chicago e viajava em direção a Newark, em Nova Jersey, quando foi obrigada a pousar em Cleveland, Ohio. O voo 857 aterrissou em segurança no Aeroporto Internacional de Cleveland Hopkins duas horas após a decolagem, segundo a porta-voz da FAA, Elizabeth Cory.

Passageiros tuitaram fotos da janela quebrada. Uma investigação já foi aberta para identificar a causa da rachadura.

Segundo a FAA, a falha não causou a despressurização da cabine, por isso máscaras de oxigênio não foram utilizadas. O piloto da aeronave não declarou situação de emergência, porém pediu para desviar sua rota e pousar no aeroporto mais próximo.

O incidente acontece duas semanas após outro voo da Southwest fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional da Filadélfia por causa de uma falha em um dos seus motores. O defeito causou a explosão de uma janela, espalhando estilhaços em todo o avião e despressurizando a cabine.

A passageira que estava perto da janela quebrada, Jennifer Riordan, uma executiva do ramo financeiro de 43 anos, teve parte do corpo sugado para fora da aeronave e morreu. Outras sete pessoas ficaram feridas no acidente.