Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Otan confirma fim de missão de treinamento no Iraque

(Repetição do primeiro e segundo parágrafo)

Bruxelas, 12 dez (EFE).- A Otan anunciou nesta segunda-feira que vai encerrar sua missão de treinamento das forças iraquianas até o fim do ano, justamente quando termina o atual mandato.

‘Um acordo para estender este bem-sucedido programa seria impossível, mesmo com todas as negociações desenvolvidas durante essas últimas semanas’, explicou em comunicado Anders Fogh Rasmussen, o secretário-geral da Otan.

Segundo fontes locais, os contatos entre a organização e as autoridades de Bagdá para dar continuidade ao treinamento militar foi impedida devido à recusa iraquiana em fornecer imunidade jurídica às tropas internacionais.

A mesma falta de imunidade jurídica também forçaram os Estados Unidos a anunciarem a retirada total de seus efetivos no Iraque.

Apesar de anunciar o fim da missão, a Otan ressaltou que seguirá ‘totalmente comprometida’ com o futuro do Iraque.

‘Estamos determinados a construir sobre os sucessos e o espírito de nossa missão de treino. Vamos seguir reforçando nossa associação e nossa relação política com o Iraque’, assegurou Rasmussen.

O político dinamarquês também lembrou que a paz e a estabilidade no país são ‘beneficentes para o conjunto da comunidade internacional’.

A missão da Otan no Iraque – que foi iniciada em 2004, após um pedido das autoridades iraquianas -, é considerada ‘um êxito’ pela Aliança.

‘Nossos formadores devem se orgulhar do que conseguiram durante os últimos sete anos, contribuindo com a capacidade de segurança do Iraque e ajudando a desenvolver uma das forças mais sustentáveis e multiétnicas’, reconheceu Rasmussen.

Segundo dados da organização, a missão da Otan no Iraque capacitou mais de 5 mil soldados militares e mais de 10 mil policiais, além de oferecer ao país mais de 115 milhões de euros em equipamentos militares. EFE