Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oposição venezuelana firma uma ‘aliança política’ para 2012

Apenas um candidato deve enfrentar Hugo Chávez nas próximas presidenciais

A oposição venezuelana, reunida na Mesa da Unidade Democrática, firmou nesta segunda-feira uma “aliança política de longo alcance”. Segundo ela, se compromete a apresentar um único candidato para enfrentar Hugo Chávez nas eleições presidenciais de 2012 e traçar um projeto comum de governo.

“Nós, signatários do acordo, apoiaremos de forma unitária o candidato que, nas primárias de 12 de fevereiro, for escolhido como representante da Unidade Democrática nas próximas eleições presidenciais”, diz o Compromisso por um Governo de União Nacional, assinado por representantes dos partidos de oposição e por todos os pré-candidatos presidenciais. “Essa aliança vai além do pleito eleitoral e de um mero acordo de governo para poucos anos. Constituímos uma aliança política e social de longo alcance”, diz o texto, que aponta um futuro governo que tenha entre suas prioridades reativar a economia e promover a segurança dos cidadãos.

Dez líderes opositores, entre eles governadores e prefeitos, apresentaram-se como candidatos nas primárias da MUD, que elegerá o candidato comum que disputará com Hugo Chávez as eleições de 7 de outubro de 2012. Segundo pesquisas de opinião, os governadores dos estados de Miranda (norte) e Zulia (oeste), Henrique Capriles e Pablo Pérez, respectivamente, têm as maiores chances de se tornar o candidato de oposição.

(Com agência France-Presse)