Clique e assine a partir de 9,90/mês

Operador de escavadeira dos bombeiros morre em incêndios na Califórnia

Ao menos 3.200 moradores de comunidades nas montanhas foram obrigados a deixar suas casas conforme as chamas avançam em direção ao sul

Por Da Redação - Atualizado em 27 jul 2018, 12h21 - Publicado em 27 jul 2018, 12h09

Um operador de escavadeira que estava trabalhando junto aos bombeiros para apagar um incêndio florestal na Califórnia morreu ontem (26), enquanto as chamas continuam a se alastrar rapidamente pelo sul do estado americano. O nome da vítima não foi divulgado.

As autoridades acreditam que a origem do fogo pode ter sido intencional, e um suspeito já está sob custódia da polícia. O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência nos condados de Riverside e Shasta.

Até o momento, ao menos 3.200 moradores de comunidades nas montanhas foram obrigados a deixar suas casas, segundo equipes de resgate que evacuavam as residências no caminho das chamas.

Segundo a rede de televisão CBS, cinco bebês foram removidos de uma unidade de terapia intensiva neo-natal do hospital Mercy Medical Center,  por precaução, e levados para a cidade de Sacramento. O restante do hospital está em preparação para transferir todos os demais pacientes, informou o seu porta-voz, Rick Plummer.

Continua após a publicidade

O incêndio, batizado de Cranston, se desdobra em cinco focos de chamas surgidos quarta-feira (25) no condado de Riverside, a leste da cidade de Hemet, durante uma onda de calor que tem submetido a Califórnia a temperaturas recordes. As autoridades disseram que, aparentemente, todos os focos foram ateados por iniciativa de um mesmo suspeito.

Brandon McGlover, de 32 anos, foi levado sob custódia em Hemet e registrado por cinco crimes de incêndio culposo, informou o Serviço Florestal dos Estados Unidos em comunicado no site de monitoramento de incêndios Inciweb. Não ficou imediatamente claro se McGlover havia contratado um advogado.

O incêndio Cranston, que já destruiu ao menos cinco casas, avança em direção às Montanhas San Jacinto, ao oeste de Palm Springs. Cerca de 700 bombeiros combatiam o incêndio, que havia queimado 1.900 hectares e estava somente 6% contido na tarde de ontem.

(Com Reuters)

Publicidade