Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Operações de busca e resgate do avião da AirAsia são retomadas

Aeronave desapareceu dos radares depois que o piloto solicitou permissão para tomar altura devido às más condições atmosféricas

Por Da Redação 28 dez 2014, 21h05

As operações de busca e resgate do avião da AirAsia que desapareceu com 162 pessoas a bordo quando voava pelo Mar de Java foram retomadas nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, na hora local, informou o canal de televisão local ‘Metro TV’, da Indonésia. O trabalho havia sido interrompido na noite deste domingo, no horário local.

Leia também:

O desaparecimento do voo MH 370

O Airbus 320-200, voo QZ8501, viajava da cidade javanesa de Surabaia até Singapura quando desapareceu dos radares, depois que o piloto solicitou permissão para tomar altura devido às más condições atmosféricas.

A Indonésia comanda os trabalhos através da Agência Nacional de Busca e Resgate (Basarnas) e com a colaboração de Singapura e Malásia. As autoridades informaram que não encontraram nenhum destroço ou sinal que possa esclarecer o que aconteceu com a aeronave, mas um funcionário da Agência Nacional de Busca e Resgate disse ao jornal indonésio Jakarta Post que as autoridades acreditam que o Airbus 320-200 caiu no mar em um ponto entre 148 e 185 quilômetros de distância da ilha de Balitung.

O vice-presidente da Indonésia, Jusuf Kalla, afirmou neste domingo que é provável que o Airbus 320-200 sofreu um acidente. “Após mais de dez horas de buscas, são grandes as chances de que um acidente tenha ocorrido”, disse Kalla na Agência Nacional de Busca e Resgate, segundo a rede britânica BBC.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade