Clique e assine com 88% de desconto

Operações aliadas matam 41 talibãs no Afeganistão

Por Da Redação - 10 jun 2012, 09h57

Cabul, 10 jun (EFE).- Pelo menos 41 rebeldes talibãs morreram no Afeganistão em operações da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e das Forças Armadas locais realizadas nas últimas horas, informaram fontes oficiais.

Oito dos rebeldes morreram neste domingo vítimas de um bombardeio da Força de Assistência para a Segurança no Afeganistão (Isaf, vinculada à Otan) na província de Nangarhar, no leste do país, disse à Agência Efe o porta-voz do governo provincial, Ahmad Zia Abdul Zai.

O porta-voz indicou que os mortos faziam parte de um comando especializado em preparar bombas nas estradas da região.

Segundo um comunicado do Ministério do Interior do Afeganistão, outros 33 talibãs perderam a vida em ataques das tropas conjuntas afegãs e internacionais em operações realizadas nas províncias de Cabul, Laghman, Parwan, Helmand, Uruzgan e Farah. Seis insurgentes ficaram feridos e nove foram detidos.

Publicidade

A violência se recrudesceu no Afeganistão desde o início da retirada das forças da Otan há quase um ano, processo previsto para terminar em 2014, quando as Forças Armadas afegãs assumirão o controle total da segurança no país. EFE

Publicidade