BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Continua após publicidade

ONU está pronta para assistir 1 milhão de civis assim que Síria autorizar

Por Da Redação
20 abr 2012, 10h21

Genebra, 20 abr (EFE).- As Nações Unidas têm pronto um plano de contingência para atender 1 milhão de civis afetados pelo conflito na Síria e só esperam ‘pela autorização’ das autoridades deste país árabe para implementá-lo.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira em entrevista coletiva pelo diretor de operações da Organização de Coordenação de Assuntos Humanitários das Nações Unidas (OCHA) John Ging, após a segunda reunião do Fórum Humanitário da Síria.

Ging afirmou que o regime do presidente sírio, Bashar al Assad, assume que ‘há necessidades humanitárias e que estas devem ser solucionadas de forma urgente’, e embora ‘existam negociações intensas’, seu Governo ainda não autorizou a implementação do plano.

O representante da OCHA explicou que negocia com as autoridades sírias o plano em si e a maneira de aplicá-lo.

Continua após a publicidade

‘O regime entendeu o sentido de urgência, por isso espero que as negociações concluam positivamente, porque um dia perdido é mais um dia de sofrimento’, garantiu Ging.

A ONU solicita US$ 180 milhões para atender os civis no interior da Síria, que se somam aos US$ 84 milhões que pediram há um mês para ajudar os 61 mil sírios refugiados nos países vizinhos – Turquia, Líbano, Jordânia e Iraque -, e que só está financiado em 20%.

Precisamente, na reunião de hoje, o diretor de Programas de Emergências do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Dermot Carty, anunciou que 50% dos refugiados que cruzam a fronteira sírio-libanesa são menores de idade.

Continua após a publicidade

‘A partir de hoje, os doadores têm uma visão completa da situação, espero que agora se traduza em compromissos concretos’, afirmou Ging.

A necessidade é por comida; assistência médica e material sanitário; artigos de sobrevivência longe da família; e dinheiro para ajudar às famílias que acolhem os deslocados.

O conflito sírio causou a morte de 11 mil pessoas, 200 mil civis tiveram de deixar suas casas e 61 mil estão refugiados em países vizinhos. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine VEJA pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

a partir de R$ 29,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.