Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ONU: Comunidade internacional vigiará Síria para que não use armas químicas

Belgrado, 23 jul (EFE).- O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, assegurou nesta segunda-feira que a comunidade internacional seguirá com atenção a situação na Síria para prevenir um possível uso de seu arsenal de armas químicas.

‘Seria condenável se na Síria alguém considerasse a possibilidade de usar armas de destruição em massa’, afirmou Ban em entrevista coletiva em Belgrado, onde se encontra no marco de uma viagem por sete países balcânicos.

Em todo caso, o secretário-geral reconheceu que a ONU não pôde verificar ainda se a Síria tem quantidades consideráveis de armas químicas.

Advertiu que todos os países devem respeitar as obrigações de não usar armas de destruição em massa indistintamente se são signatários ou não de convenções ou acordos a esse respeito.

Um porta-voz do regime do presidente sírio, Bashar al Assad, havia advertido hoje em Damasco que a Síria poderia usar armas químicas no caso de uma intervenção estrangeira no país.

Ban instou as forças governamentais e a oposição a cessarem os combates e a não usarem a violência para chegar a uma solução da atual situação.

‘O povo sírio sofreu por tempo demais, vimos tantos sacrifícios da população civil, de modo que devemos fazer todos os esforços possíveis para ajudar o povo sírio para que supere essa trágica situação’, assinalou Ban. EFE