Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

OMS convoca reunião de emergência sobre surto de ebola na África

Comitê de especialistas poderá declarar ‘emergência de saúde pública de interesse internacional’ após registro de casos na República Democrática do Congo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reunirá seu Comitê de Emergência na sexta-feira (18) para analisar os riscos internacionais de um surto de ebola na República Democrática do Congo (RDC), disse seu porta-voz, Christian Lindmeier, nesta quinta-feira (17).

O comitê de especialistas decidirá se declara o surto como “emergência de saúde pública de interesse internacional”. Esse status implica em envolvimento global maior e mobilização de pesquisas e recursos.

Comitês de Emergência foram criados para oferecer aconselhamento em surtos anteriores, como a epidemia de zika na América Latina, em 2016, e o grande surto de ebola na África Ocidental, que matou ao menos 11.300 pessoas em Guiné, Serra Leoa e Libéria entre 2014 e 2016.

O comitê pode aconselhar o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, a respeito das ações a serem adotadas pelo Congo e por outros países para tentar impedir a propagação internacional da doença sem interferir indevidamente no comércio e no transporte.

Ghebreyesus receberá ministros da Saúde na assembleia anual da OMS em Genebra, na semana que vem, e deve aproveitar a ocasião para coordenar uma reação mundial ao surto.

Diferentemente do grande surto da África Ocidental, quando a OMS demorou meses para convocar um Comitê de Emergência, a entidade está agindo com rapidez para tentar conter a epidemia mais recente da República Democrática do Congo logo no início.

O governo de Kinshasa informou o surto em 8 de maio, um dia depois que duas amostras deram resultado positivo para o vírus mortal; Em poucos dias, a OMS enviou especialistas, preparando uma “ponte aérea” de helicóptero até o local e planejando uma campanha de vacinação.

(Com Reuters)